H2020 Open Science Hub Network (OSHub.Network)
Desenvolvimento comunitário liderado pela comunidade escolar, através de investigação e inovação

O ritmo de mudança na sociedade - desde a inovação tecnológica à interconectividade global - está a mudar rapidamente e tem vindo a alterar fundamentalmente a forma como vivemos, trabalhamos e aprendemos. Além disso, os desafios societais do século XXI tornam urgente a necessidade de integrar os conhecimentos e as competências dos diferentes atores societais, e de desenvolver formas relevantes e inclusivas de ligar escolas, universidades, empresas, sociedade civil, governos e comunidades locais, utilizando metodologias mais inovadoras, eficientes e abertas.

OSHubs como mediadores para a abordagem de desafios locais

A Open Science Hub Network (OSHub.Network; oshub.network), uma rede de parceiros europeus, envolve e apoia escolas e intervenientes locais em práticas de investigação e inovação, como ferramentas para abordar desafios localmente relevantes e contribuir para o desenvolvimento sustentável da comunidade. Os OSHubs trabalham como mediadores em cada comunidade local, posicionando as escolas como agentes ativos de colaboração entre famílias, universidades, institutos de investigação, indústria, empresas, média, governos locais, organizações da sociedade civil, e a sociedade em geral, promovendo o envolvimento em projetos da vida real que vão ao encontro das necessidades da sociedade.

 

No país de cada parceiro da rede, os OSHubs definiram nomes locais de modo a aumentar a ligação e o sentido de pertença com as comunidades escolares e locais. Em Figueira de Castelo Rodrigo (FCR), o projeto OSHub é dinamizado pela Plataforma de Ciência Aberta - Município de Figueira de Castelo Rodrigo (PCA-MFCR) e tem o nome de “Plataforma de Escola Aberta”.

Escolas como plataformas de colaboração para o desenvolvimento da comunidade

Nas diferentes localizações dos OSHubs, as escolas e as suas comunidades identificam desafios localmente relevantes, ligados aos Objectivos de Desenvolvimento Sustentável, que são depois combinados em Missões Escola Aberta globais e partilhadas, permitindo uma colaboração real entre as diferentes comunidades. Em cada comunidade local, as Missões Escola Aberta são depois transformadas em projetos relevantes de investigação e inovação, liderados por estudantes e professores, em colaboração com parceiros locais.

Missão Escola Aberta com impacto local

Ao apoiar as escolas e as comunidades locais com as ferramentas e a rede para endereçar os desafios relevantes a nível local, a rede OSHub visa criar impacto local, ao mesmo tempo que promove uma atitude ativa de cidadania global, contribuindo assim para o desenvolvimento, inovação e bem-estar da comunidade.

No final do projecto, esperamos que a rede OSHub tenha gerado impacto em 25 000 estudantes, 1 250 professores e 4 000 membros da comunidade, através do envolvimento em mais de 150 parcerias escola-universidade-indústria-sociedade civil em projetos e atividades de Escola Aberta.

 

A longo prazo, perspectivamos os OSHubs como intermediários de educação nas suas comunidades locais, apoiando as redes escolares locais na inclusão de práticas de Escola Aberta na sua visão e estrutura organizacional, conduzindo a uma educação de qualidade e sustentável. Em particular, os OSHubs permitirão a ponte entre as necessidades e as realidades das escolas e o seu contexto e recursos locais, atuando na implementação de políticas nacionais/regionais, transmitindo o parecer das escolas quando as políticas falham e defendendo políticas dependentes do contexto.

O Consórcio

O consórcio OSHub.Network é composto por 9 parceiros, de 9 estados-membros europeus (Holanda, Irlanda, Itália, Suíça, Áustria, França, República Checa, Portugal, Grécia), incluindo entidades com diferentes tipologias tais como universidades, pequenas e médias empresas, organizações não-governamentais e autoridades locais. A PCA-MFCR é um dos parceiros neste consórcio financiado pelo Programa H2020 da União Europeia.

OSHub local - Plataforma de Escola Aberta

A Plataforma de Escola Aberta (PEA) tem como objetivo co-criar experiências de aprendizagem significativas entre o Agrupamento de Escolas de Figueira de Castelo Rodrigo e a comunidade de FCR, desenvolvendo projetos centrados em desafios localmente relevantes, como por exemplo a poluição do rio Douro ou a iliteracia digital, alinhados com as necessidades e o contexto da escola e local. A PEA também pretende apoiar a comunidade escolar, nomeadamente os professores, a incorporar a estratégia educativa Escola Aberta, e práticas de investigação e inovação, na sua vida quotidiana, estimulando a cidadania activa dos estudantes e o seu desempenho escolar.

Instituições Parceiras:

O projeto Open Science Hub Network recebeu financiamento no âmbito do Programa H2020 da União Europeia, sob o contrato nº 824581.

QUER PASSAR A ACOMPANHAR MAIS DE PERTO AS NOSSAS ATIVIDADES?

ENTÃO DEIXE AQUI O SEU ENDEREÇO DE CORREIO ELETRÓNICO.

badge.png