Ignite IAstro, O Universo em contrarrelógio numa digressão por Portugal

4 de Maio - 21:30 - Casa da Cultura - Figueira de Castelo Rodrigo

Aceite o convite para uma viagem do Sistema Solar às estrelas e às galáxias com 9 investigadores do Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço. Chama-se Ignite IAstro e estará em Figueira de Castelo Rodrigo no dia 4 de maio. A entrada é gratuita e será na Casa da Cultura de Figueira de Castelo Rodrigo, com início às 21h30. 
O formato dos eventos Ignite IAstro permite expor, de modo divertido e acessível, cerca de uma dezena de temas atuais da investigação em ciências do espaço feita em Portugal. 
Vamos ouvir falar sobre as tempestades de Júpiter, os maiores buracos negros do Universo, o que poderá ser a energia escura, e sobre os instrumentos e missões espaciais que nos permitem observar até tão longe.
Nos eventos Ignite IAstro, os cientistas apresentam a sua investigação em apenas cinco minutos cada, ao ritmo de uma sequência automática de 20 imagens.
A diversidade e a rapidez das apresentações criam momentos estimulantes de espetáculo e entretenimento, enquanto os cientistas partilham o seu conhecimento sobre o Universo.

Programa

Vénus: o gémeo falso
Ruben Gonçalves

Vénus é o planeta mais próximo da Terra e tem muitas semelhanças com o nosso planeta. Na mitologia romana, Vénus é a deusa que representa o amor, a beleza, a fertilidade e a prosperidade. Mas será que este planeta é um destino apelativo para as férias de 2119?

Júpiter e a tempestade perfeita

José Silva

Júpiter, o quinto planeta a contar do Sol, é um objecto dominante do nosso sistema solar. As suas enormes dimensões e características peculiares, bem como o hipnotisante padrão de nuvens, tornaram-no um grande foco de interesse.

Decifrar as mensagens das estrelas

Andressa Ferreira

As estrelas, apesar de muito distantes, conseguem dizer-nos muito através da sua luz, mas para entendermos o que elas têm a dizer, temos de interpretar a sua linguagem codificada.

Desafios e descobertas com ALMA

Ciro Pappalardo

O ALMA revolucionou a nossa visão do Universo. Graças à sua incrível precisão, o ALMA observou galáxias no início da sua vida, nos primórdios do Universo. Mais perto de nós, observou discos de gás e poeira à volta de estrelas jovens, onde se estarão a formar planetas, e surpreendeu-nos com a descoberta, em regiões de formação de estrelas, de moléculas importantes para a vida.

Vamos conhecer a história de um dos mais poderosos telescópios do mundo.

Os maiores buracos negros

Fernando Buitrago

Os buracos negros fascinam o mundo inteiro porque são o exemplo perfeito daquilo que não conhecemos, do limite, do extremo.
Onde estão e como são os maiores de entre estes gigantes?

O lado escuro da força

Tiago Barreiro

Mais de metade de todo o Universo conhecido pertence ao “lado escuro”. Ele não é observado diretamente e o que o compõe continua a ser para nós um mistério. Vamos dar um pouco de luz ao lado mais escondido do Universo.

Turbilhões nos espaço-tempo

Francisco Cabral

A teoria da Relatividade Geral de Einstein prevê que as estrelas e os planetas em rotação “torçam” o espaço-tempo à sua volta segundo um fenómeno chamado gravitomagnetismo.

Vamos explorar a missão Gravity Probe B que conseguiu medir o campo gravitomagnético da Terra e revelou o dinamismo do tecido do espaço-tempo tal como previam as equações de Einstein.

No Espaço, mas com atitude

Elena Duarte

A atitude é o termo que designa a orientação de um veículo espacial no espaço. O sistema de determinação e controlo da atitude é um dos sistemas de maior importância em qualquer missão espacial.

O Espaço:a última fronteira

​Mário Monteiro

O acesso ao Espaço abriu novas oportunidades aos Astrónomos, permitindo observar e estudar o Universo de formas que nos são inacessíveis a partir do solo. Portugal, através da Agência Espacial Europeia (ESA) também participa nesta aventura.

Iremos viajar pelos grandes projetos científicos da ESA, incluindo aqueles em que Portugal está envolvido, e que estão a abrir novas fronteiras do conhecimento em Astronomia e Astrofísica. O céu já não é o limite!

QUER PASSAR A ACOMPANHAR MAIS DE PERTO AS NOSSAS ATIVIDADES?

ENTÃO DEIXE AQUI O SEU ENDEREÇO DE CORREIO ELETRÓNICO.